73.ª Volta a Portugal em Bicicleta passará pela freguesia de Nespereira

Em dia da tradicional Feira Franca

2011-07-15
Nove etapas em linha, um contra-relógio individual e um prólogo curto, totalizando 1627 quilómetros. Em traços gerais, é este o cardápio da 73.ª Volta a Portugal em Bicicleta /Jogos Santa Casa, que estará na estrada de 4 a 15 de Agosto e que foi agora apresentada à imprensa.

A apresentação decorreu no Jardim da Quinta da Granja, que integra um troço dos cerca de 40 quilómetros de ciclovias de Lisboa, cidade que, pelo segundo ano consecutivo, vai receber a consagração dos vencedores.

O percurso de 2011 é o mais extenso desde 2003 e um dos mais duros dos últimos anos. A montanha vai ser determinante no desfecho da corrida e começa a seleccionar os valores logo ao terceiro dia, quando o pelotão enfrentar uma ligação 184,4 quilómetros, entre Oliveira de Azemeis e o Alto da Senhora da Assunção, Santo Tirso, que contempla seis subidas pontuáveis ao longo da viagem. E vai ser nesta 2ª Etapa que se vai fazer história...

Pela primeira vez, na maior prova velocipédica em Portugal, o pelotão da Volta vai passar em Nespereira, só que desta vez vai fazer a subida desde Pereira ( EN 225 ) até à vila de Cinfães, ultrapassando o percurso demasiado íngreme de Santa Marinha, Pindelo e Ervilhais...coisa de loucos já se vê... e logo no dia da Feira Franca na vila de Nespereira.

Os ciclistas, vindos de Oliveira de Azemeis, Arouca, deixam a EN 326 1 em Alvarenga e entram na EN 225 ás14h04, devendo chegar ao cruzamento de Pereira 5 minutos depois, para dar inicio à subida para Santa Marinha onde devem passar ás 14h17, enfrentando a dolorosa subida por Pindelo até Ervilhais, onde devem passar por volta das 14h24, chegando ao topo da serra, para o Prémio de Montanha de 3ª categoria, por volta das 14h28, iniciando a descida por Vilar de Peso até à vila de Cinfães.

Logo no dia seguinte, disputa-se a mítica tirada com final na Senhora da Graça. A etapa-rainha será a penúltima, com partida de Seia e um traçado de 182,8 quilómetros, que inclui a subida da Covilhã às Penhas da Saúde, a ascensão até às Penhas Douradas e a escalada final, de Seia para o alto da Torre, em plena serra da Estrela.

Uma vez que o prólogo tem apenas 2,2 quilómetros, não permitindo marcar grandes diferenças, os contra-relogistas dispõem de uma única oportunidade para contrariar a prevista hegemonia dos trepadores. Será na sétima etapa, quando correrem o longo contra-relógio de 35,3 quilómetros, entre o Sabugal e a Guarda.
" Para ganhar esta Volta é preciso ter uma capacidade física extraordinária e, sobretudo, uma grande capacidade de recuperação diária, além de uma grande equipa por trás ", resumiu o director da corrida, Joaquim Gomes, na cerimónia de apresentação da prova.
O pelotão vai ser composto por 14 equipas: Selecção Nacional/Liberty Seguros, Barbot-Efapel, LA-Antarte-Rota dos Móveis, Onda-Boavista, Tavira-Prio, Lampre-ISD, Farnese Vini-Neri, Acqua & Sapone, Caja Rural, Andalucía-CajaGranada, Katusha Continental, La Pomme de Marseille, Chipotle-Garmin Development Team e Konya Torku-Vivelo.

A camisola amarela deste ano é patrocinada pelos Jogos Santa Casa, que incrementa o investimento na prova-rainha do ciclismo nacional, depois de ter patrocinado um prémio particular e a classificação da montanha.

Entre os oradores da cerimónia de apresentação da 73.ª Volta a Portugal esteve o responsável pelo departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Pires Antunes, o presidente da Cãmara Municipal de Fafe, José Manuel Ribeiro, o edil de Lisboa, António Costa, e o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Artur Lopes. Todos eles destacaram o enorme impacto social e mediático da Volta a Portugal.

O autarca fafense, que vai acolher a caravana no arranque da corrida, referiu que "a Volta é o cartaz que mais promove o município". Já António Costa, por sua vez, confidenciou que alterou a data de férias para poder assistir ao desfecho da competição, em Lisboa, e confessou "que nenhuma das outras colaborações entre a Câmara e a João Lagos Sports vale tanto como a Volta a Portugal ".

Para já fica a certeza de que, em tempo de Feira Franca, a freguesia de Nespereira, em Cinfães, vai ter um argumento de peso para potenciar e promover o turismo local, ao mesmo tempo que vai acolher milhares de adeptos da popular modalidade, numa jornada desportiva que, por certo, será memorável e ficará para a história da localidade.


Etapas da Volta a Portugal 2011

4 Agosto Prólogo: Fafe - Fafe, 2,2 km (C/R I)
5 Agosto 1.ª Etapa: Trofa - Oliveira do Bairro, 187,7 km
6 Agosto 2.ª Etapa: Oliveira de Azeméis - N.ª Sr.ª da Assunção, 184,4 km
7 Agosto 3.ª Etapa: Viana do Castelo - Senhora da Graça, 151 km
8 Agosto 4.ª Etapa: Lamego - Gouveia, 182,3 km
9 Agosto 5.ª Etapa: Oliveira do Hospital - Viseu, 150,3 km
10 Agosto Dia de descanso
11 Agosto 6.ª Etapa: Aveiro - Castelo Branco, 215,9 km
12 Agosto 7.ª Etapa: Sabugal - Guarda, 35,3 km (C/R I)
13 Agosto 8.ª Etapa: Seia - Torre, 182,8 km
14 Agosto 9.ª Etapa: Covilhã - Sertã, 182,3 km
15 Agosto 10.ª Etapa: Sintra - Lisboa, 152,6 km

Adicionar comentário