Centenas de visitantes estiveram na Feira Rural

2012-05-16
Centenas de visitantes estiveram na Feira Rural
O programa do Maio Cultural do fim-de-semana de 12 e 13 de Maio previa a realização da Feira Rural à Moda Antiga, com organização do Grupo Folclórico de Nespereira. Com inicio no sábado, dia 12, a animação das concertinas animou as hostes para a noitada que se seguiu com a presença dos "Finfas de Paradela". No domingo seria a vez do grupo de bombos "Cinfães a Rufar" e os grupos folclóricos convidados, vindos das freguesias vizinhas de Fornelos e S. Cristóvão de Nogueira e, claro, o Rancho Folclórico de Nespereira.

Decorreu ainda no sábado o Rally Paper "Revisitar Nespereira", inicialmente previsto para o fim-de-semana anterior, mas adiado devido ao mau tempo, com organização da associação Ardena.

Então, no sábado pelas 14 horas, teve início a Feira Rural à Moda Antiga, sendo de realçar a presença dum duo vindo de Baião: os inimitáveis João (concertina) e Marinhas (acordeão), cuja prestação fez com que ninguém mais arredasse pé do local. Para mais, fincados na amizade que os une, eles próprios fizeram questão de poder contar com a colaboração do Ercílio Lima Vieira. E porque este nosso conterrâneo entendeu por bem colaborar - com os amigos, também com a Junta de Freguesia, esteve toda a tarde ao lado deles, umas vezes no "baixo", outras na viola.

Tarde bonita. Já com os "Finfas de Paradela" perfilados para fazer a sua actuação, nem por isso o simpatiquíssimo "João de Baião" deixava de estalizar o fole da concertina, parando só quando a mesma se "calou", por avaria.

Seguiu-se a actuação dos "nossos" FINFAS DE PARADELA, motivo porque o sábado festivo foi prolongado noite fora. A noite estava propícia ao lazer e ao deixa andar onde se agarra o gosto que os mais saudosistas têm no relembrar de andanças passadas. Neste particular, uma palavra de apreço e de agradecimento a todos quantos se deslocaram das freguesias circunvizinhas.

No Domingo, dia 13, com a reabertura da Feira Rural à Moda Antiga, muitos foram os que estiveram presentes e à hora do almoço, melhorado, pois então, os elementos que por costume, gosto e tradição ajudam nas actividades do Rancho Folclórico, não tinham mãos a medir.

Por volta das 13:00 horas, chegaram alguns convidados pela Junta de Freguêsia, como aliás é habitual nestas alturas - delegação da Câmara Municipal de Cinfães, vice-presidente, Enf. Fáfima Sousa e o vereador, Dr. Serafim Rodrigues; Dr. Osman Sacur e esposa, Enf. Adelina; Pe. José Augusto, pároco da nossa localidade, estando também presentes representantes das nossas Associações, bem assim alguns elementos da nossa sociedade, sempre prontos em colaborar com o que à nossa freguesia diz respeito.

Este ano, porém, a Junta de Freguesia pôde contar com a presença de um Amigo, colaborador em diferentes anos e ocasiões. Referi-mo-nos ao Sr. Eng. João Nabeiro. Indiferente ao esforço que representa fazer a ligação de Campo Maior a Nespereira e, naturalmente, a viagem de regresso, fez questão de vir a Nespereira, sendo uma honra para este Executivo.

Em jeito de mera informção, o casal Nabeiro na deslocação que fez do carro estacionado à entrada da feira até ao espaço onde seria servido o almoço, não deixou de atentar no nosso artesanato e foi assim que a maior e melhor peça ali exposta, ficou reservada para rumar àquela vila alentejana.

Depois disso e no decorrer da tarde, foi a vez dos ranchos folclóricos deliciarem os presentes, avivando danças e modas que jamais cairão em desuso. Primeiro, foi a vez dos nossos vizinhos de Fornelos, a seguir actuou o Rancho Folclórico de S.Cristóvão de Nogueira e a fechar, o Rancho de Nespereira

Rodam os anos, mudam as modas, mas o que é de preservar, faz com que um palco, mudo e quedo, tranforme uma tarde que à partida podia ser "assim-assim" e passa a mexer com quantos passaram por tais andanças ou gostariam de experimentar a sensação de subir a um palco e virar à voz do mandador.

Cá em baixo, alguns dos mais afoitos, participavam na festa que era dos Ranchos Folclóricos, fazia parte do "Maio Cultural" mas, acima de tudo, era do Povo. Pelo menos durante duas horas, em vez de se ouvir crise nisto, crise naquilo, reinava, alto e bom som, a voz do mandador: virou! aos seus lugares, volta!

RALLY PAPPER
Como antes ficara decidido, teve lugar na manhã do dia 12 (sábado). A Associaçao ARDENA e o seu dinâmico presidente, José Maria Tavares chamaram a si a organização de tal prova-convívio, distribuido aquando da partida, as directrizes que impunham uma participação que levou os concorrentes aos diferentes recantos que temos na nossa freguesia.

Um percurso no nosso sobe e desce, nem por isso fácil de transpor, mas porque assim é, mais valorizada fica a prestação de quem colabora por gosto e pelo prazer de valorizar o próprio "Maio Cultural".

No decorrer da tarde festiva, os concorrentes subiram ao palco, recebendo as simbólicas e merecidas lembranças com que a Junta de Freguesia entendeu premiar a dedicação e os esforços feitos de modo a valorizar o que de melhor temos em Nespereira: o convívio e a amizade! Parabéns!

Adicionar comentário