Noite Mágica com a comédia «Verdadeiro Conto de Fadas»

2012-04-27
Noite Mágica com a comédia «Verdadeiro Conto de Fadas»
Bem ao jeito daquilo que os elementos da Casa do Povo de Nespereira têm feito - dignificar a arte de bem representar, também de amostra como poderá ter início o nosso "Maio Cultural" - no dia 5 e no mesmo espaço apresentarão a peça "O MENDIGO E O MAGNATA" - todos quantos compareceram deram por bem empregue a necessária deslocação. Para mais, o tempo estava de feição, razão porque naquele magnifíco espaço não se via uma cadeira vazia.

Logo a abrir, os presentes puderam assistir à demonstração de como alguns jovens da nossa freguesia aproveitam o tempo, como que a dizer que isso de subir a um palco de há muito deixou de ser exclusivo de quantos moram nas grandes cidades.
Em diferentes instrumentos - viola, cavaquinho, acordeão, violino e piano - deram conta de que trilham o caminho acertado, deixando alguns dos executantes babados os seus progenitores, ainda que alguns deles estejam no início duma carreira que se espera será promissora.

De permeio, dando a amostra de como decorrem as aulas de canto, actuou a Bruna Pinto - a cada espectáculo aparece liberto de quaisquer complexos - actuou também um conjunto de "violas", alunas do multifacetado prof. Botelho.

Numa demonstração de como o violino combina à maneira com o piano, os presentes tiveram o gosto de assistir a um concerto digno dum dos Coliseus citadinos.

Relativamente à peça de teatro, não nos alongaremos nos considerandos, já que o bom desempenho que tiveram todos os intervenienteso esteve na linha daquilo que habituaram os nespereirenses.

Importa, claro, realçar o trabalho levado a cabo pelo Jorge, jovem como são todos os intervenientes, não deixou de merecer os prolongados aplausos.

De parabéns está também a Casa do Povo, na pessoa do seu presidente, amigavelmente reconhecido pelos alunos como sendo o "Quim das Camionetas". Na oportunidade, disse logo ali que os louros obtidos seriam para distrubuir por todos quantos trabalham na Casa do Povo e quando assim é, vem ao de cima a garantia de que o futuro está assegurado.

Adicionar comentário