Casa do Povo de Nespereira festejou Carnaval

2012-02-22
Casa do Povo de Nespereira festejou Carnaval
Poucos, mas bons! - poderia ser este título a encabeçar estes considerandos a respeito do carnaval da Casa do Povo de Nespereira.

Longe de aderir - e ainda bem!... - ao samba e ao batuque com que muitos dos carnavais dos grandes centros teimam em animar os foliões de circunstância, a Casa do Povo de Nespereira mostrou no passado dia 18 de Fevereiro como com apenas dez, doze intervenientes, se pode transformar uma tarde normal, num "Sábado Gordo" que bem pode ter ficado a marcar o início de uma bonita tradição.


De antemão convidados, muitos foram aqueles que se juntaram em redor do coreto a fim de testemunharem um insólito enlace, já que na hora de dizer o sim da praxe, apareceu uma outra pretendente, de posse de vistosas credenciais:estava grávida e no fim do tempo!.

Tudo se arranjou, porém - estava em causa o "assado" destinado aos convivas - razão porque ao "padre" Vieira foi possível concluir tal cerimónia, sem que o povo presente na praça se apercebesse de algo anormal.

De acordo com o que fora anunciado, foram permiadas as três melhores interpretações.

O júri, composto por um elemento de cada uma das nossas Associações e ao qual presidiu o próprio presidente da Junta, Mário Leitão, entendeu que seria de premiar o desempenho do "padre" Vieira, também o da "noiva", esbelta como as que o são, destacando, contudo, o primeiro prémio ao papel desempenhado por um travesti de fazer inveja aos corsos de Ovar, Torres e quejandos.

Aquando da retirada, ninguém regateou os merecidos aplausos, inteiramente merecidos pelos dinâmicos responsáveis da Casa do Povo de Nespereira.

Parabéns!

Adicionar comentário