Capelas Privadas

Capela de Nossa Senhora da Livração

	Capela de Nossa Senhora da Livração

Situa-se em Lourosa, é particular e foi construída no ano de 1791, por Manoel Rodrigues Duarte, após promessa aquando de uma viagem para o Brasil que teve de enfrentar uma terrível tempestade. Remodelada após 100 anos pelos artistas nespereirenses (Britos de Oliveira), ainda possuí a imagem de N. Sra. da Livração e um altar de madeira de castanho com talha dourada. Encontramos ainda um lambrim de azulejo (Séc. XVIII) e uma tela pintada a óleo por um artista nespereirense representando S. João Batista.

Capela do Souto

Capela do Souto



Era reconhecida como capela do Senhor Jesus ou Capela da senhora do Rosário e de Jesus Cristo. Apesar de um valor histórico incalculável, encontra-se abandonada, não possuindo qualquer imagem.



 

Capela de S. Lázaro

Situada no lugar da Granja, esta neste momento à espera de ser recuperada através do plano da Casa-Museu. É uma construção de 1371, que tem como orago S. lázaro. Inicialmente era conhecida como a Capela de S. Vicente. Possuí vestígios de um altar-mor, com um painel de madeira com pinturas. Possuí ainda no seu exterior inscrições numa pedra enigmáticas que se julgam ter aparecido pelo aproveitamento de pedras doutro edificado. Antigamente, no Domingo de s. Lázaro (domingo anterior ao de Ramos) realizava-se uma procissão (desde a Feira até á Granja) em honra de S. Lázaro. Esta procissão focou conhecida como a “Procissão das Ladaínhas ou dos Namorados”.

Capela do Sagrado Coração de Jesus

Situa-se no lugar da Granja. Foi cosntruída no ano de 1945. Como imagens principais possuí a do Sagrado Coração de Jesus, a de Santa Ana e de S. Joaquim. Pertence à “Casa dos Coutinhos ou Casa Nova da Fonte”.

Capela do Senhor dos Remédios

Neste momento em estado de restauro pelo proprietário, possuí a imagem do Senhor dos Remédios. Esta capela dos século XVIII ainda possuí um confessionário, púlpito e altar em talha dourada desde o tempo da sua construção. Situa-se no Cadafaz, numa quinta com o mesmo nome e é propriedade do Prof. Mário Teixeira.